top of page

Atualizações de Portugal

Vamos atualizar as informações sobre Portugal? Imigrantes que fizeram pedido de legalização em Portugal no primeiro trimestre de 2019 serão convocados para entrevista ainda neste mês de setembro. Essa é uma confirmação dada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ao portal Agora Europa. O departamento de imigração português informou que a convocação será feita por email. Os imigrantes devem ficar atentos no endereço eletrônico em que cadastraram a Manifestação de Interesse (MI), quando pediram a solicitação da residência no país. Ainda Segundo o SEF, todos os cidadãos estrangeiros que submeteram o pedido de autorização de residência com manifestações de interesse em 2017 e 2018, foram notificados e os atendimentos agendados.

Antes da mudança no sistema, no mês passado, eram os próprios estrangeiros que precisavam esperar uma vaga no sistema. Mas não havia comunicação prévia de quando seria aberta a agenda, o que deixava muitos imigrantes à espera passando horas e horas no site para o agendamento. Como o novo sistema ainda está em fase inicial, não há como prever quanto tempo irá levar para convocação de todos os milhares pedidos de residência. O SEF não revela a real extensão da fila de pedidos e nem quantos imigrantes serão convocados ainda neste mês. Para você ter uma ideia, Somente em 2020, mais de 356 mil imigrantes iniciaram o processo de legalização, de acordo com dados oficiais do governo. Atualmente, o prazo de análise da Manifestação de Interesse leva em média um ano e três meses.


Agora, vcs viram que os funcionários do Serviço de Imigração e Fronteiras (SEF) que atuam no controle da imigração contabilizaram 109 mil brasileiros entrando em Portugal entre 1º e 19 de setembro? E o número pode ser ainda maior, porque não entram na conta aqueles com passaporte europeu. Em audição no Parlamento, a presidente da TAP informou que vê sinais claros de recuperação graças ao mercado brasileiro. A executiva francesa especialista em reestruturação foi escolhida pelo governo para assumir em junho a empresa, que enfrenta uma crise e iniciou processo de demissão coletiva.


Ela disse assim (abre aspas): “É muito importante o Brasil para a TAP. Para dar uma ideia, o peso do Brasil nas nossas vendas é quase o mesmo que Portugal”. Para atender a procura, a TAP prevê 52 voos semanais em 12 rotas para o Brasil a partir de outubro. A empresa fará mais voos no inverno europeu do que no verão. O tamanho disso? O verão em Portugal é o momento da alta temporada mas com a reabertura recente para o Brasil e para os EUA, tudo mudou. A cia programou novas ligações diretas entre Rio ou São Paulo - Porto e Porto - Nova York. Além de turismo, os brasileiros aproveitaram a retomada para investir no país e muitos já iniciaram a compra de um imóvel por lá. No setor imobiliário, a busca disparou.


São investidores que estavam à espera de uma visita às propriedades para concretizar negócios iniciados pela internet ao longo da pandemia de Covid-19. Também há muitos brasileiros insatisfeitos com a situação atual do país e por isso entram em Portugal para tentar arranjar um trabalho e se regularizar por lá. E olha, o governo de Portugal anunciou que no dia 1º de outubro o país entrará na última fase de uma reabertura gradual e sustentada por metas alcançadas na taxa de vacinação. O relaxamento quase total das restrições é o que chega mais perto possível de uma volta à vida normal após 18 meses de medidas preventivas intercaladas para o controle da pandemia de Covid-19. Ainda que o primeiro-ministro António Costa, do Partido Socialista (PS), tenha falado há dois meses em “libertação total” no verão, o governo adotou um tom mais ameno e esta fase está sendo chamada de transição.


Uma versão muito próxima da liberdade total chegará no outono e só será possível porque o país vacinou 83% da população até agora. O número máximo da população que pode ser imunizada no país é de 89%, porque 11% têm menos de 12 anos. Nesta terceira e última etapa do plano de desconfinamento, iniciado há dois meses, as discotecas e bares poderão funcionar. O setor está fechado desde o primeiro confinamento, em março de 2020, quando explodiu a pandemia de coronavírus. A novidade é que o certificado digital ou teste negativo deixarão de ser obrigatórios para acesso aos interiores dos restaurantes de sexta-feira à noite até o domingo. As comprovações também não serão mais exigidas em estabelecimentos turísticos e academias. Mas continuam obrigatórias em viagens aéreas e terrestres, visitas a lares de idosos, hospitais, grandes eventos culturais, esportivos e corporativos. A partir de outubro, cairão os limites de horários e de lotação nas mesas internas e externas de restaurantes e cafés. Também não haverá mais restrições do número de pessoas em atividades de comércio, eventos culturais, esportivos e religiosos em locais públicos, como cinemas, teatros, casamentos, batizados e outros. As máscaras seguem obrigatórias em transportes públicos, viagens de avião, lares de idosos, hospitais, salas de espetáculos e locais de comércio de grandes dimensões, como shoppings e supermercados. Mas deixam de ser obrigatórias nos recreios das escolas. E também a partir da próxima sexta-feira, 1 de outubro, não será mais preciso apresentar certificado de vacinação ou teste negativo de Covid-19 para entrar em hotéis, alojamentos locais ou restaurantes em Portugal. Uma excelente notícia para os nossos viajantes!




Após o anúncio de todas essas mudanças, Costa ressaltou que o perigo permanece, sobretudo com a chegada dos meses mais frios do ano, que elevam o risco de infecções respiratórias. Por aqui, você sabe, vamos ficar de olho em todas as atualizações.

Vale destacar que, de acordo com Our World in Data, Portugal lidera o ranking mundial com a taxa mais elevada de vacinação completa por milhão de habitantes.


17 visualizações0 comentário
bottom of page