top of page

Compras livres de impostos feitas no free shop poderão ser entregues em casa

A Receita Federal divulgou um ato normativo que autoriza as lojas de Duty Free (free shops) no Brasil a oferecerem serviço de entrega em domicílio a partir de 1º de abril. A novidade poderá ser disponibilizada para os passageiros que estejam desembarcando do exterior no país.


De acordo com a Receita, com a concentração de voos internacionais nos principais aeroportos do país, ficou mais caro para o passageiro que fará conexão para outra cidade comprar produtos no free shop e ter que pagar excesso de bagagem para transportá-los até o seu destino final.


“Agora, a loja franca [free shop] poderá oferecer o serviço de entrega em domicílio, proporcionando, além de uma maior praticidade e comodidade, economia para os viajantes brasileiros”, disse a Receita Federal.


Os passageiros chegando do exterior no Brasil podem comprar até US$ 1.000 em produtos nas lojas de free shop caso estejam chegando de avião e até US$ 500 se a chegada for por portos ou fronteiras terrestres. O limite é renovado a cada intervalo de 30 dias.

Vale ressaltar que esse limite é adicional à cota de compras feitas no exterior. Atualmente, os passageiros chegando de viagens internacionais podem trazer do país de origem até US$ 1.000 em produtos se estiverem viajando de avião, ou até US$ 500 se chegarem através de porto ou fronteira terrestre.


Além do limite monetário, a cota também tem regras quanto as quantidades máximas de itens iguais. Essa é uma boa notícia para os viajantes que gostam de fazer aquelas últimas compras no free shop.

No entanto, é possível que o novo serviço seja cobrado, e temos que considerar ainda qual será o prazo para entrega. A dica é já ter anotado quanto custa despachar um volume extra no seu voo, comparar com o serviço de entrega e escolher a melhor opção para você.




19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page