top of page

O que fazer em Cádiz, Espanha



Cádiz é uma encantadora cidade portuária da costa oeste da Andaluzia na Espanha. É uma das cidades mais antigas da Europa, na verdade, foi fundada pelos fenícios em 1100 aC.


Cheia de monumentos históricos, deliciosos frutos-do-mar e belíssimas praias que atraem muitos turistas todos os anos. Cádiz é especialmente animada durante as comemorações do Carnaval com entusiasmadas apresentações de flamenco.


Neste artigo te daremos algumas dicas de coisas para fazer em Cádis, com as principais atrações e pontos turísticos que você precisa visitar se estiver na região.



Catedral de Cádiz



A catedral é um dos monumentos mais importantes e conhecidos da cidade de Cádiz. Localizada bem perto do mar, pode ser vista de vários lugares e sua cúpula amarela é inconfundível.


A Catedral de Cádiz "Santa Cruz sobre el mar" ou Santa Cruz sobre as Aguas também é conhecida pelo povo de Cádiz como a Catedral Nova, em contraste com a Sé Velha construída no século XVI acima da antiga igreja gótica construída na época de Afonso X, que atualmente serve de igreja paroquial.


A sua construção deveu-se ao mau estado da Sé Velha e também à importância que Cádiz ganhou após se tornar a sede da Casa de Contratación em 1717 e ganhar o estatuto de principal porto comercial com o continente americano.


A catedral inicia-se em estilo barroco, desde o térreo e interior até ao friso rococó, e termina em estilo neoclássico, na fachada, torres, cúpulas e no segundo corpo do interior, assim como a maioria dos retábulos e o altar-mor.


A Torre de Tavira



A Torre Tavira, remonta ao século XVIII, e dela é possível ter uma bela e extensa vista da cidade.


Esta era a torre de vigia oficial da cidade. Atualmente também possui uma câmera que projeta imagens em movimento de toda a cidade.


Plaza de San Juan de Dios



Plaza de España ("Praça Espanhola" em português) é um famoso Monumento à Constituição de 1812.


O monumento foi construído em 1912 para comemorar o 100º aniversário da Constituição espanhola. Sim, ela foi assinada em Cádiz em 1812. Este monumento é muito simbólico.


A parte inferior representa um semicírculo e uma cadeira presidencial vazia. Diferentes silhuetas carregam os textos da constituição, e nas laterais as figuras de cavalos simbolizam a paz e a guerra. Vários temas também evocam a agricultura e a cidadania.


Se você tem planos de viajar para Europa, aqui vai uma ótima dica: clicando no banner aqui embaixo você garante as melhores ofertas na compra do seu Seguro Viagem. Além de não pagar nada a mais por isso, você ajuda o nosso trabalho!!


Castelo de São Sebastião



O Forte ou Castelo de São Sebastião está localizado em Cádiz, em uma ilha no final da praia de La Caleta. Segundo a lenda, o templo do deus Cronos estava localizado ali.


O edifício data da época muçulmana, sendo que o atual farol foi construído no seu interior (em 1908) numa antiga torre de guarda, também muçulmana. A intenção era defender o norte da cidade. Vale ressaltar que local já foi cenário de diversos filmes nacionais.


Alameda Apodaca



A Alameda Apodaca é um dos mais belos locais em Cádiz, perfeito para passear e se refrescar nos dias quentes de verão. É uma avenida larga com ruas de paralelepípedos, os quais formam padrões geométricos.


O local oferece uma abundância de árvores e vegetação exuberante e colorida. Os caminhos que percorrem as ruas são intercalados por pilares de pedra.


Museu de Cádiz



O Museu de Cádiz foi fundado em 1970 após a fusão do Museu Estadual de Belas Artes com o Museu Estadual de Arqueologia. Es te museu possui três pisos, arqueologia no térreo, arte no primeiro e marionetes no segundo. A entrada é gratuita para cidadãos da UE.


As origens do museu remontam a 1835, quando a arte foi confiscada do mosteiro, incluindo pinturas de Zurbarán retiradas da Cartuxa de Jerez de la Frontera. A coleção cresceu ao longo do século graças à Academia de Belas Artes da cidade, que praticava o Romantismo e o Neoclassicismo.


Em 1877, após a descoberta de um sarcófago fenício no estaleiro da cidade, foi fundado o Museu Arqueológico. No entanto, foi apenas em 1970 que os dois institutos foram fundidos, embora partilhassem o mesmo edifício.



Além das obras do século XIX, o museu de arte recebeu arte contemporânea da Junta de Andaluzia. Sua seção arqueológica também recebeu doações, principalmente moedas.


Apesar de uma série de descobertas pré-históricas do sul da Andaluzia, há uma escassez de artefatos medievais devido à história local. O conjunto de marionetes "Tía Norica" ​​usado no Carnaval de Cádiz foi adquirido pelo Estado.


Compartilhe fotos e vídeos nas redes sociais durante sua viagem. Clicando no banner abaixo você compra seu eSIM Holafly e fica totalmente conectado no exterior! Além de não pagar nada a mais por isso, você ajuda o nosso trabalho!


Castelo de Santa Catalina



O Castelo de Santa Catalina está localizado na área da praia de La Caleta, em Cádiz. Foi construído por ordem de Filipe II no final do século XVI, após o ataque anglo-holandês.


É um castelo poligonal que serviu de modelo para outros castelos americanos. A área do castelo voltada para o mar tem a forma de uma estrela com três pontas. Para entrar, é preciso atravessar o poço pela ponte levadiça e pelo estábulo.


No final do século XVII, Carlos II ordenou a construção da capela dedicada a Santa Catalina, que dá nome ao castelo. No final do século XVIII, serviu de prisão para várias figuras, como políticos liberais espanhóis ou combatentes da independência americana.


Conta com salas dedicadas à história local e atividades marítimas. Há também salas para exposições temporárias e oficinas artísticas e pedagógicas para crianças em idade escolar. Durante o verão, realizam-se concertos no Pátio de Armas.


Praia de La Caleta



A praia de La Caleta fica entre os dois castelos de Cádiz e é uma parada ideal para nadar e se refrescar. No entanto, é bastante pequena e está localizada no centro histórico, por isso pode ficar um pouco lotada no verão.


Os arredores da praia contam com restaurante, bar, banheiros e chuveiros. É uma praia vigiada e os dois castelos formam uma muralha que protege das ondas fortes. Os pequenos barcos de pesca atracados junto a ela lhe dão um encanto a mais.


Parque Genovés



O Parque Genovés é um jardim histórico localizado à beira-mar no centro histórico da cidade de Cádiz. É um dos mais importantes da cidade, e a sua criação remonta ao final do século XVIII.


O Parque Genoves é um dos lugares mais representativos, tranquilos e populares da cidade. Tem uma área de 30.000 m² e foi inaugurado em 1892.


Até 2012, juntamente com a construção do Parque Celestino Mutis, era a maior área verde da cidade de Cádiz, e agora é a segunda maior área verde da cidade, mas a maior dentro do denso centro histórico.



A Junta de Andaluzia declarou como bem de interesse cultural em 2004 e está incluído no Catálogo Geral do Património Histórico da Andaluzia.


O parque conta com mais de 150 espécies diferentes de árvores (algumas gigantescas), palmeiras e arbustos, a maioria exóticas por virem de outros continentes. Graças ao excepcional "microclima" da cidade de Cádiz, estas diferentes espécies adaptaram-se ao local.


Não importa o destino! Se você procura pelas melhores hospedagens com os menores preços, você só vai encontrar na Booking. Clica no banner abaixo para conferir!!

Agora me conta aqui embaixo! Já conhecia esses passeios? Quer mais dicas de lugares pra visitar na região?


Se for viajar para Europa traga dinheiro na moeda local. Você pode abrir uma conta na Wise e já guardar o seu dinheiro em euro.


Ou se quiser aplicar o seu dinheiro em dólar, recomendo abrir a conta na Nomad. Com o meu cupom POSSOTEMOSTRAR você garante 10 dólares de volta! Saiba como, assistindo ao vídeo, é só clicar aqui.


Obrigada por chegar até aqui! Até a próxima!





32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page