top of page

REINO UNIDO TIRA A OBRIGAÇÃO DE PCR PARA TURISTAS VACINADOS | Entrada de brasileiros na Europa

A partir de 24 de outubro, os passageiros totalmente vacinados que chegarem à Inglaterra de países que não estão na lista vermelha – como é o caso do Brasil agora – poderão fazer um teste de fluxo lateral no segundo dia da chegada ao Reino Unido. Esses testes são rápidos e mais baratos do que os PCR, que até então são os exigidos por lá.

Os viajantes poderão solicitar o teste rápido em uma das empresas privadas autorizadas pelo Reino Unido. A lista de empresas aprovadas estará no ar no site oficial do país no dia 22 de outubro. Eu vou deixar o site aqui embaixo para você. Para a entrada na Inglaterra é preciso reservar e pagar o teste do segundo dia, antes mesmo de desembarcar no aeroporto. Tudo é feito nesse site que eu deixei aqui na descrição do vídeo.


Quem já adquiriu um PCR para o período de sua viagem, não precisa comprar outro teste. Aqueles que testarem positivo para a covid-19 de qualquer um desses testes, precisarão se isolar e fazer um teste de PCR confirmatório. o secretário de Estado dos Transportes, Grant Shapps disse que: “As mudanças nas regras de hoje tornarão o teste na chegada mais simples e barato para pessoas em todo o país que estão ansiosas por férias bem merecidas neste semestre de outubro. Retirar os caros testes de PCR obrigatórios impulsionará a indústria de viagens e é um grande passo para normalizar as viagens internacionais e encorajar as pessoas a reservar férias com confiança” (fecha aspas).


Para os totalmente vacinados com Pfizer, Janssen ou Astrazeneca é permitida a entrada no país sem a necessidade de um kit testes, como acontecia até então e sem precisar de quarentena. O teste do segundo dia, esse que a partir do final de outubro poderá ser o teste rápido continua sendo exigido para todos os viajantes.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page