top of page

Japão volta a receber visitantes estrangeiros

Após mais de dois anos, o Japão voltará a receber turistas estrangeiros. Por enquanto apenas visitantes de quatro países poderão se beneficiar da medida, que será implementada de forma experimental e com algumas restrições.

Os turistas vindos dos Estados Unidos, Austrália, Tailândia e Cingapura poderão novamente visitar o Japão. No entanto, as viagens deverão respeitar uma série de regras. Os viajantes terão que ser acompanhados de guias oficiais do país e seguir um itinerário pré-estabelecido. Além disso, só terão acesso ao dispositivo aqueles que já receberam três doses de vacina contra a Covid-19.

Segundo um comunicado da agência japonesa de turismo, os viajantes também terão que fazer um seguro de viagem privado, com cobertura médica, especialmente para a estadia. O Japão tinha fechado suas portas aos visitantes estrangeiros desde o início da pandemia de coronavírus e as restrições de entrada no país só começaram a ser suspensas recentemente.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, já declarou que gostaria de reabrir o país a todos os visitantes estrangeiros. No entanto, o chefe do governo encontra uma forte resistência da opinião pública, que segue reticente diante da flexibilização das regras para entrada no país.

O Japão faz parte dos países - junto com Austrália, Nova Zelândia, Cingapura e Coreia do Sul - que adotaram as regras mais rígidas para a entrada de estrangeiros em seus territórios. Alguns, como governo australiano, chegaram a impedir que seus próprios cidadãos regressassem de viagens no exterior.


Atualmente, todos os vizinhos da região reabriram aos poucos suas fronteiras e apenas o Japão mantinha as restrições mais rígidas para tentar impedir a propagação do vírus. Limite de entrada Em março deste ano o Japão abriu novamente suas portas para quem viajava a negócios, estudantes e trabalhadores estrangeiros.



Eles tinham que apresentar um teste negativo de Covid-19, efetuado 72 anos antes do voo, e eram testados novamente ao desembarcar no país. Esse protocolo será mantido para os turistas estrangeiros. estudantes e trabalhadores estrangeiros. Eles tinham que apresentar um teste negativo de Covid-19, efetuado 72 anos antes do voo, e eram testados novamente ao desembarcar no país. Esse protocolo será mantido para os turistas estrangeiros.


Os trabalhadores e estudantes são sujeitos a um sistema de cotas e, atualmente, apenas 10 mil estrangeiros podem entrar no país diariamente. A partir de junho, o número de pessoas nessas categorias autorizadas a ingressar no país deve dobrar, segundo indicou a imprensa local. Mas as autoridades não informaram se haverá um limite de entradas diárias de turistas.

Antes da pandemia, o Japão recebia mais de 30 milhões de visitantes por ano e apostava em 40 milhões em 2020, ano dos Jogos Olímpicos, que acabaram sendo adiados para 2021. Mesmo assim, apenas as delegações dos atletas e a imprensa puderam entrar no país durante o evento, seguindo um rígido protocolo sanitário. (Com informações da AFP).


Posts recentes

Ver tudo
bottom of page