top of page

Portugal cancela centenas de voos devido às greves



O início do verão europeu, no qual há grande aumento do tráfego turístico no continente, está sendo marcado por greves em diversas partes da Europa, além do surto de coronavírus. As companhias aéreas e os operadores de aeroportos continuam enfrentando escassez de trabalhadores. Como resultado, centenas de voos foram cancelados


Nas redes sociais, brasileiros em Lisboa relataram esperar 4 dias para retornar ao Brasil, enquanto Portugal cancelou pelo menos 106 voos nos últimos dias. As autoridades aeroportuárias do país atribuíram a situação “um conjunto de pressões em vários aeroportos europeus”.


A maioria dos cancelamentos em Portugal ocorreu com voos na TAP, uma das principais companhias aéreas que ligam Lisboa-São Paulo, Lisboa-Brasília e Lisboa-Recife. A empresa também opera em outras rotas como Lisboa-Salvador e Lisboa-Belo Horizonte.



A companhia, além de estar trabalhando com quadro reduzido, também está passando por uma reestruturação. Embora os pilotos tenham decidido não entrar em greve, eles afirmam que o número de profissionais está abaixo da demanda.


Um incidente com um jato particular bloqueou uma pista em Lisboa na sexta-feira (1), e foi apontado pela companhia como outro fator que dificulta o embarque de seus aviões. Desde então, muitos voos da TAP mudaram para outros aeroportos.


Vários passageiros postaram em suas redes sociais o descontentamento com a situação. Um protesto, em particular, se tornou viral. O vídeo mostra um brasileiro furioso no aeroporto, reclamando estar “fedendo e há 5 dias com a mesma cueca”. Em entrevista à emissora portuguesa RTP, ele ainda acrescentou que a empresa remarcou voos, entregou cartões de embarque e depois cancelou os voos repetidamente.



198 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page