top of page

Ryanair põe fim às pechinchas e viagens de até 10 euros



As passagens com desconto da Ryanair, a companhia aérea irlandesa conhecida exatamente pelos preços dos bilhetes que permitiram que milhões de pessoas viajassem de avião, foram encerradas.


A informação veio do presidente-executivo, Michael O'Leary, em declaração à BBC, adiantando que, nos próximos anos, os preços entre 0,99 euros e 10 euros, que tornaram a companhia irlandesa popular, não irão retornar devido aos preços dos combustíveis.


Segundo o CEO, “as pessoas irão continuar a voar frequentemente”, mas serão “muito mais sensíveis ao preço”. Ele também informou que, nos próximos cinco anos, o preço dos bilhetes subirá da média de 40 euros para cerca de 50 euros.


Em entrevista à BBC, O'Leary atacou os aeroportos europeus pelos cancelamentos e caos presenciados neste verão, acusando-os de má gestão, pois, conhecendo os voos e o possível número de passageiros com meses de antecedência, não puderam prevenir suas equipes.


Segundo dados citados pela rede britânica da consultora OAG (Guia Oficial de Aviação), a Ryanair cancelou 0,3% de seus voos já no primeiro semestre de 2022.



297 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page