top of page

China emite alerta vermelho devido a temperaturas elevadas



Desde esta terça-feira (12), dezenas de cidades na China decidiram emitir um alerta vermelho devido às altas temperaturas. Os registros ultrapassam os 40 graus, e 86 cidades, incluindo Shanghai, emitiram alerta vermelho.


Shanghai, que ainda enfrenta um alto número de casos de covid-19, alertou seus 25 milhões de moradores para se prepararem para o calor intenso nos próximos dias.


O observatório meteorológico de Shanghai emitiu um alerta vermelho para superaquecimento neste domingo (10), com temperaturas subindo para 40 graus em algumas partes da maior cidade chinesa.



Desde 5 de julho, Shanghai vem enfrentando altas temperaturas por dias consecutivos. A estação de Xujiahui atingiu 40 graus às 14h12 de domingo (10), o horário mais cedo que se verificou esta temperatura desde que a cidade iniciou seus registros meteorológicos em 1873.


A cidade teve 15 dias com temperaturas acima de 40 graus Celsius, desde 1873, com recorde de 40,9 graus em 2017. De acordo com a última previsão, sob a influência da alta pressão subtropical, Shanghai continuará a ter altas temperaturas na próxima semana.


O Departamento de Meteorologia aconselhou à população evitar atividades ao ar livre ao meio-dia. Se os cidadãos sentirem tonturas, sudorese excessiva ou fraqueza nos membros, são aconselhados a beber água com sal e permanecerem em um local ventilado para evitar insolação.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page