top of page

Espanha deixa de exigir comprovante de vacinação a viajantes



Sagrada Família em Barcelona


A Espanha flexibilizou as medidas sanitárias para a entrada de viajantes de países não pertencentes à UE (União Europeia), que testarem negativo para Covid-19 ou possuírem um certificado de recuperação. Medida foi publicada no Boletim Oficial do Estado (BOE) e começou a valer desde o último sábado (21).


Comprovante de vacinação, ou testes que atendam aos requisitos do Ministério da Saúde, como PCR dentro de 72 horas antes da partida ou teste de antígeno realizado dentro de 24 horas antes de entrar no destino. Além disso, também é aceito um certificado de recuperação, emitido por autoridade competente ou serviço de saúde, pelo menos 11 dias após a confirmação da infecção por Covid-19 por PCR ou teste de antígeno.


Menores de 12 anos não precisam apresentar nenhum tipo de comprovante, e os passageiros que chegam por via marítima, bem como passageiros que chegam ao aeroporto com um certificado digital covid da UE ou um certificado equivalente reconhecido pela Comissão Europeia, não terão de preencher o formulário SPTH.


A ministra da Indústria, Comércio e Turismo, Reyes Maroto, diz que a nova fase da pandemia no país, permitiu relaxar os requisitos de saúde para entrada de viajantes de fora da UE e equipará-los aos dos países pertencentes a UE e espaço Schengen. "Esta excelente notícia, há muito aguardada pelo setor do turismo, vai facilitar que os turistas de fora do ambiente europeu possam nos visitar nesta alta temporada garantindo uma mobilidade segura. A medida vai acelerar a recuperação do setor ao facilitar a entrada de viajantes internacionais", declarou a ministra.





Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page