top of page

Ranking das melhores e piores escolas em Portugal



Todos os anos é produzido um ranking das melhores escolas em Portugal. Os rankings de 2021 foram divulgados recentemente, e já é possível saber quais são as melhores, e piores, escolas. Como sempre, as escolas particulares continuam alcançando melhores resultados em comparação às escolas públicas.


Das 598 escolas que realizam exames do ensino secundário em Portugal Continental, 486 são escolas públicas, 7 a mais do que em 2020, e 112 são escolas privadas, menos 2 em comparação ao ano anterior. As notas caíram, mas as notas das públicas estão perto da média, de acordo com o ranking do Ministério da Educação.


Apenas na 31ª posição aparece a primeira escola pública, Escola Artística António Arroio, em Lisboa, que obteve média de 13,58 em 875 testes. Vale ressaltar que a análise considerou apenas estabelecimentos de ensino com mais de cem provas realizadas.



Em 2021, quase uma em cada 10 escolas terá um resultado médio negativo no exame nacional do ensino secundário, segundo uma análise realizada pela Lusa, indicando uma quebra de desempenho face ao ano anterior.


A média de notas da escola pública está mais próxima da média dos colégios, e agora está com 1,4 pontos de diferença (numa escala de 0 a 20). De acordo com a análise da Lusa, a média nacional é de 12,7 para os alunos do ensino particular (14,3 no ano anterior) e 11,3 para os alunos do ensino público (12,8 no ano anterior). A média geral de notas diminuiu.


Consulte o ranking completo das escolas portuguesas do secundário, divulgado pelo Ministério da Educação aqui: https://especiais.rr.pt/ranking-escolas-2021/




Volta as aulas


As aulas para os estabelecimentos de ensino públicos, pré-escolas, escolas primárias e secundárias começam de 13 a 16 de setembro. A Secretaria de Educação divulgou uma programação com datas nesta sexta-feira (8).


Quanto à data final dos eventos escolares, as datas variam. As aulas terminam em 7 de junho de 2023 para alunos do 9º, 11º e 12º. Para os alunos do 5º, 6º, 7º, 8º e 10º ano, o último dia é 14 de junho de 2023. Os alunos da Educação Básica, Pré-escola e 1º Ciclo, terminarão as aulas em 30 de junho.



Normalmente, os calendários escolares são sempre elaborados para um único ano letivo, mas o Ministério da Educação decidiu inovar e já anunciou datas para o próximo ano letivo. De acordo com o despacho, o objetivo é proporcionar condições de trabalho mais previsíveis às escolas e às famílias.


Agora, de acordo com o documento, o próximo ano letivo, 2023/2024, terá início entre 12 e 15 de setembro de 2023. Como sempre, o fim das atividades escolares varia de acordo com o ano letivo.




194 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page