top of page

Aeroporto de Heathrow, em Londres, limita capacidade a 100 mil passageiros por dia



O aeroporto de Heathrow, Londres, impôs um limite diário de 100 mil passageiros, para controlar a demanda, e vai até 11 de setembro. O terminal afirma que os números foram superados nas últimas semanas, levando a longas filas, atrasos de voos, gargalos de bagagem e cancelamentos.


O aeroporto também pediu às companhias aéreas que parem de vender passagens durante esse período para proteger os voos que já foram reservados.


“Algumas companhias aéreas tomaram medidas significativas, mas outras não, e acreditamos que mais ações são necessárias agora para garantir que os passageiros tenham uma viagem segura e confiável. Portanto, tomamos a difícil decisão de introduzir este limite de capacidade”, explicou o CEO do Heathrow, John Holland-Kaye.



Segundo o CEO, a última previsão mostra que, apesar da regulamentação, o número de partidas diárias no verão é de 104 mil, excedendo mais de 4 mil por dia. Apenas cerca de 1.500 desses 4 mil assentos diários, em média, já foram vendidos a passageiros, “por isso estamos pedindo às nossas companhias aéreas parceiras que parem de vender passagens de verão para limitar o impacto sobre os passageiros", acrescentou.


O anúncio feito pelo Heathrow segue o anúncio da British Airways, realizado no início de julho, informando que cortaria 10.300 voos (11%) de sua programação de voos até o final de outubro, além dos voos já cancelados anteriormente.


A empresa informou que os cortes afetariam voos domésticos e europeus, enquanto os voos de longa distância permaneceriam inalterados.




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page