top of page

Anvisa autoriza a volta do serviço de bordo em voos domésticos no Brasil

Viajantes poderão retirar a máscara somente para alimentação no interior das aeronaves

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aprovou nesta quinta-feira 12, o retorno do serviço de alimentação a bordo nos voos domésticos no Brasil. A partir de 22 de maio, os viajantes poderão retirar a máscara somente para alimentação no interior das aeronaves. Volta a ser permitido também, o uso da capacidade máxima para transporte de passageiros nos espaços internos dos aeroportos. De acordo com a Anvisa, a possível mudanças nas regras resulta no avanço da vacinação contra a Covid-19, o que permitiu uma redução expressiva no número de casos e de óbitos no país.


A decisão do orgão manteve o desembarque realizado por fileiras, visando reduzir aglomerações no corredor da aeronave e os riscos de contágio. Também serão mantidos os avisos sonoros sobre a Covid-19. Já os procedimentos de limpeza e desinfecção dos aviões poderão ocorrer mesmo antes da finalização do desembarque dos passageiros. Vale lembrar ainda, que é obrigatório o uso de máscaras de proteção facial em todos os voos e aeroportos nacionais.



Em nota, a Anvisa concluiu, “A Agência recomenda que os serviços de bordo sejam os mais breves possíveis, de forma a não prejudicar significativamente o uso de máscaras de proteção facial pelos viajantes. Recomenda, também, que todos os resíduos sólidos gerados pelo serviço de bordo sejam recolhidos o mais breve possível, sendo que especial atenção deve ser dada aos objetos que possam ter tido contato direto ou indiretamente com a boca do viajante, como copos, pratos, garfos e outros.


Nos voos internacionais com origem ou destino ao Brasil, o serviço de bordo continua liberado, sem restrições.




94 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page