top of page

Israel elimina teste de covid-19 para entrada de turistas no país

Outra mudança nas exigências diz respeito ao teste de antígeno realizado até 24 horas antes do embarque que passa a ser aceito.


Israel tornou mais flexível para os viajantes internacionais entrarem no país. O governo já havia permitido a entrada de pessoas não vacinadas em 1º de março de 2022, e agora as autoridades de saúde suspenderam a exigência de teste para Covid-19 após o desembarque no Aeroporto Ben Gurion.


Outra mudança nas exigências diz respeito ao teste de antígeno realizado até 24 horas antes do embarque que passa a ser aceito, pois anteriormente somente PCR coletado em no máximo 72 horas antes do embarque era válido. Essa mudança começou a valer a partir desta terça-feira (10).


De acordo com informações oficiais do Ministério da Saúde de Israel, as novas regras de desembarque entrarão em vigor no dia 20 de maio, devido à redução do número de casos e o fim do desentendimento que ocorreu entre os profissionais do Ministério da Saúde e a equipe da Autoridade Aeroportuária.


“Ficou acordado que os profissionais formulariam um mecanismo para manter a adequação do sistema de testes no Aeroporto Ben Gurion, a fim de para permitir que seja operado rapidamente, no todo ou em parte, quando necessário”, ponderou ainda o Ministério.


O objetivo da testagem é manter as medidas de precaução em caso de outra nova onda de covid-19 na região. De acordo com o Jerusalém Post, há menos infecções em Israel, com uma taxa de transmissão de 0,81, ou 81 infecções a cada 100 pessoas e o país não registra mortes desde 4 de maio.



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page