top of page

Itália oferece 2 mil euros para noivos se casarem na região de Roma



A região de Lazio, em Roma, lançou um projeto que visa incentivar o casamento ou união civil em cidades da região em troca de um reembolso de 2 mil euros (cerca de 11 mil reais). A iniciativa é destinada a residentes e estrangeiros.


O projeto, chamado Nel Lazio con Amore, foi lançado em fevereiro deste ano, e o Fundo Nacional de Apoio às Atividades Econômicas Afetadas pela Emergência Epidemiológica disponibiliza 10 milhões de euros (quase 55 milhões de reais) para apoiar as atividades econômicas afetadas pela pandemia. De acordo com a notificação, o registro de casamento pode ser feito no site do governo italiano até 31 de janeiro de 2023.


O anúncio informou ainda que uma das condições para recebimento do pagamento é que os noivos aluguem serviços ou produtos de empresas da região para a festa. Além disso, cada casal pode solicitar o reembolso de até cinco despesas.


A contribuição máxima do governo por casal é de 2mil euros. No entanto, se a despesa registrada for menor, o valor do reembolso será igual ao valor gasto.



O projeto visa reavivar o mercado de casamentos, que foi duramente atingido pela pandemia. No primeiro trimestre de 2020, as cerimônias na Itália caíram cerca de 20% em relação ao mesmo período de 2019, de acordo com o balanço anterior publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat) em fevereiro de 2021.


Os dados também mostraram que os processos de separação e divórcio no país caíram entre 11% e 20% no mesmo período.


Para participar do Nel Lazio com Amore, os noivos devem preencher os seguintes requisitos:

  • O casamento deverá ocorrer entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2022;

  • Os serviços contratados não poderão ser realizados via e-commerce;

  • As contratações deverão ser feitas com sistemas possíveis de serem rastreados (transferência bancária ou pagamento eletrônico);

  • Os noivos deverão cumprir a legislação tributária, documentada por meio de faturas, recibos ou documentos contábeis que demonstrem o tipo de despesa e sua importância para o casamento ou união estável;

  • O casal deverá apresentar justificativa que seja compatível com as atividades para as quais o reembolso é concedido;

  • Os noivos deverão comprovar os pagamentos das despesas por transferência bancária que tenham valor idêntico ao que foi solicitado.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page