top of page

Sorrento, na Itália, irá multar quem andar sem camisa ou de trajes de banho pelas ruas da cidade



O prefeito de Sorrento, Massimo Coppola, anunciou que uma lei que proíbe turistas ou moradores de andar de topless, ou em trajes de banho nas ruas da cidade na costa italiana foi assinada no início do mês.


Quem passar pelas belas praias e desejar continuar o passeio pelas ruas da cidade deve se cobrir, caso contrário, será multado entre 25 e 500 euros (entre 136,40 e 2.730 reais).


Segundo o prefeito, esses comportamentos podem trazer desconforto a turistas e moradores e que o objetivo da medida é "proteger e melhorar a habitabilidade da cidade, a qualidade de vida e a decoração do centro e dos espaços públicos".

Em outras publicações, ele ainda saudou a cidade como "um exemplo de decoro e respeito". Sorrento faz fronteira com a Costa Amalfitana, uma costa muito procurada por sua beleza natural de praias, vegetação e uma vida social vibrante. No entanto, vale lembrar que durante o verão europeu, a cidade pode atingir até 40ºC.


Esta não é a única restrição de tráfego que afeta a costa italiana, que introduziu recentemente a rotação de veículos e proibiu o tráfego de massa durante o verão. A expectativa é reduzir pela metade o tráfego nas estradas que passam por áreas turísticas.


Está proibida a circulação de placas que terminam em números pares em dias ímpares, e vice-versa, o que significa que os carros só podem circular em dias alternados entre Vietri sul Mare e Positano durante a alta temporada. A regra valerá nos finais de semana até 30 de setembro, das 10h às 18h. A proibição também será aplicada durante a semana e fins de semana durante todo o mês de agosto.





19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page