top of page

Suécia suspende todas as restrições de entrada no país

Atualizado: 29 de abr. de 2022

Certificados de vacinação e teste covid não serão mais necessários ao entrar na Suécia.



Desde 1º de abril, O governo da Suécia anunciou a suspensão de todos os protocolos e restrições de viagem impostos para combater a epidemia.


Como resultado, as medidas que restringem a entrada de viajantes de países fora da UE serão suspensas. A testagem da Covid-19 e a comprovação de vacinação como critérios para chegada e circulação no país também serão extintas.


Morgan Johansson, Ministro da Justiça e Assuntos Internos, declarou que, "Já havíamos retirado as proibições de entrada de dentro da União Europeia. Agora o governo decidiu não estender a proibição de entrada de outros países. Isso vai facilitar muito para todos que foram impedidos de vir à Suécia nos últimos anos devido à pandemia".


Para evitar a propagação da COVID-19, uma restrição temporária foi implementada em março de 2020, proibindo a entrada de estrangeiros de países fora da UE/EEE. A restrição foi estendida regularmente e a última proibição de entrada se aplicava até 31 de março de 2022.


Os brasileiros não podiam viajar para a Suécia até 31 de março porque não faziam parte da lista de países isentos cujos certificados de vacinação foram aprovados pelas autoridades locais.


Agora, no entanto, não apenas as viagens ao país, mas também o “ritmo” pré-pandemia podem ser retomados, pois em fevereiro a Suécia levantou todas as restrições internas relacionadas a covid, como o uso de máscaras e quantidade de pessoas em estabelecimentos.


De acordo com o site do governo sueco, a COVID-19 não é mais classificado como uma ameaça à saúde pública e um perigo à sociedade. Embora a pandemia não tenha acabado, ela entrou em uma nova fase devido à alta cobertura vacinal combinada com um menor risco de doença grave representada pela variante do vírus atualmente dominante, a omicron.



コメント


bottom of page