top of page

Royal Caribbean e Celebrity deixam de exigir comprovante de vacinação para a Europa e EUA



A Royal Caribbean International e a Celebrity Cruises reduziram os requisitos de vacinação em seus cruzeiros para alguns destinos selecionados. A alteração entra em vigor a partir de 5 de setembro. Para viagens dos portos americanos da Califórnia, Louisiana e Texas ou portos europeus, a vacinação de Covid-19 não é exigida nos navios da Royal Caribbean.


Entretanto, de acordo com a Travel Weekly, a Royal Caribbean ainda "recomenda fortemente" que os hóspedes sejam totalmente vacinados. Aqueles que não estiverem totalmente imunizados precisarão apresentar resultado do teste negativo para Covid-19 até três dias após embarque.


A Celebrity informou que para viagens a partir de 5 de setembro, de Los Angeles e Europa (exceto da Islândia), a vacinação não será mais necessária. Para a maioria das viagens, a Celebrity ainda exige resultado negativo no teste Covid-19 como condição de embarque.



Já a Royal disse que alguns destinos exigem que os passageiros tenham informações atualizadas sobre seu status de vacinação para desembarcar e aqueles que não atendem a esses requisitos podem precisar de teste adicional a bordo do cruzeiro antes de desembarcar.


No final do julho, o Grupo Royal Caribbean já havia decidido suspender os testes de pré-embarque em cruzeiros de até cinco dias para passageiros vacinados. Essa nova política entrou em vigor em 8 de agosto, e se aplica à Royal Caribbean, a Celebrity e a Silversea.


A mudança ocorre após o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) dos EUA encerrar seu programa de Covid-19 para cruzeiros, acabando com algumas exigências como taxas mínimas de vacinação e a necessidade de apresentação de testes Covid.



45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page