top of page

Primeiro Ministro de Portugal promete empenho para aumentar salários no país

António Costa destacou que o Governo vai adotar a Agenda do Trabalho Digno, e que até 2026 é esperado um crescimento de 20% no peso do PIB das remunerações em Portugal

O primeiro-ministro reforçou neste domingo, dia 01 de maio, as comemorações do Dia do Trabalhador, reforçando que o Governo vai adotar a Agenda do Trabalho Digno e “prosseguir o objetivo de reforço do peso dos salários no PIB” para a média europeia.


Em sua conta no Twitter, António Costa disse que:

“Festejamos hoje o Dia do Trabalhador. Porque valorizamos o trabalho e ambicionamos uma sociedade mais justa, vamos adotar a Agenda do Trabalho Digno e prosseguir o objetivo de reforço do peso dos salários no PIB para a média europeia”


O primeiro-ministro acompanhou a publicação de um quadro sobre o peso das remunerações no Produto Interno Bruto (PIB), segundo o qual entre 2016 e 2021, anos em que liderou o Governo do país, houve um crescimento em Portugal de 17,5% deste indicador, sendo uma aproximação em relação à média da zona euro.

O quadro prevê ainda que entre 2022 e 2026 o crescimento do peso das remunerações no PIB em Portugal seja de 20%, atingindo-se no final da legislatura uma convergência com a zona euro neste indicador.

No debate na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2022, o primeiro-ministro já tinha anunciado que a iniciativa legislativa do Governo denominada “Agenda para o Trabalho Digno” vai ser analisada em acordo social no próximo dia 11, antes de ser debatida e votada no parlamento.

Seguem as palavras do Primeiro Ministro:

“O grande desígnio é que a geração mais qualificada de sempre seja também a geração mais realizada de sempre e tenha em Portugal tantas ou tão boas oportunidades como encontra fora do país. Isso implica não só uma valorização salarial, como a aprovação da Agenda para o Trabalho Digno, que no dia 11 de maio irá de novo a concertação social para depois entrar na Assembleia da República”

O Dia do Trabalhador foi comemorado neste domingo sem restrições por todo Portugal, com a CGTP (Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses) promovendo iniciativas em mais de 31 localidades do país e a UGT (União Geral de Trabalhadores) realizando um debate sobre os desafios do mundo laboral, em Lisboa.

Ficou com dúvidas?

Não se preocupe!

Mande sua pergunta aqui nos comentários que eu respondo para você.

E lembre-se: clicando nos links e nos banners que eu indico aqui, você colabora com nosso trabalho e me ajuda para que eu possa continuar sempre trazendo boas e novas informações para você.

Muito obrigado!





Posts recentes

Ver tudo
bottom of page