top of page

Espanha bate recorde de calor e passa dos 40 graus



A segunda onda de calor do verão espanhol, iniciada no último domingo (10) e finalizada nesta segunda-feira (18), bateu o recorde de temperatura mais alta em algumas cidades do país. Em Zamora, 250 km ao norte de Madri, por exemplo, um termômetro registrou 41,1ºC nesta quarta-feira (13), superando o dia mais quente dos últimos 27 anos; 24 de julho de 1995, que registrou 41ºC.


As temperaturas mais baixas registradas durante a onda de calor também foram muito altas. Na comunidade andaluza no sul do país, o termômetro da cidade registrou uma baixa de 27ºC. Em Vigo, norte de Portugal, a temperatura mínima foi de 26ºC. Na capital, Madrid, a temperatura mínima foi de 22ºC.


Esta foi a segunda onda de calor da Espanha neste verão. A primeira foi em 11 de junho, também sendo a primeiro desde 1981. Segundo a AEMET (Agência Estatal de Meteorologia da Espanha) a onda durou oito dias, com o termômetro atingindo 44,5ºC no dia 17, em Andújar, no sul do país.


Leia também:



As temperaturas permaneceram elevadas durante todo o dia desta segunda-feira, embora um pouco mais baixas do que nos últimos dias. No entanto, a partir desta quarta-feira (20), a estabilidade e as temperaturas podem voltar a subir.


As principais dicas recomendadas pelo Ministério da Saúde espanhol para a prevenção da insolação:


  • Beber água e líquidos com frequência, mesmo que não sinta sede;

  • Evitar bebidas com cafeína, álcool ou muito açucaradas, pois podem provocar desidratação.

  • Ter cuidado especial com bebês, crianças, mulheres grávidas, idosos e pessoas portadoras de doenças cardíacas, doenças renais, diabetes, hipertensão, obesidade, câncer, patologias que dificultam a mobilidade, demência e outras doenças mentais;

  • Buscar refúgio em lugares frescos, sombreados e refresque-se sempre que precisar;

  • Tentar reduzir a atividade física e evitar esportes ao ar livre em horários de sol intenso;

  • Use roupas leves e folgadas, que permitam a transpiração;

  • Nunca deixar ninguém em um veículo fechado e estacionado (especialmente menores, idosos ou pessoas com doenças crônicas);

  • Consultar um profissional de saúde para sintomas que duram mais de uma hora e que podem estar relacionados a altas temperaturas;

  • Manter medicamentos em local fresco, pois o calor pode alterar sua composição e efeitos;

  • Fazer refeições leves que ajudem a repor os sais perdidos pelo suor, como saladas, frutas, legumes e sucos.



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page